Datas Família Finanças Meio Ambiente Mensagens Outros Pensamentos Relacionamentos Vídeos

Aprenda a dizer obrigado

04/01/2016


Boa tarde amigos(as)!



É um prazer concordar com você através dessas palavras porque, sem dúvida, é um pequeno alimento além daquela pessoa que sou, com também é cada uma das coisas que vivi.



Reflitam...



Sim, até nos meus piores momentos sinto que tenho o dever de agradecer.



E não, não é um dever de obrigação externa, é um dever comigo mesma: meu bem-estar emocional passa pelo filtro do agradecimento constante pelo que tive e pelo que fui, pelo que tenho e pelo que sou.



Dizia Cervantes, embora com outras palavras, que era preciso ser grato. Eu acredito que vai mais além: quando nossa vida terminar, uma das sensações que mais iremos querer ter é dizer “obrigado”.



Dizer obrigado nos ajuda em nosso caminho



A gratidão, como capacidade para reconhecer um benefício que se teve, é um estado interior que se propaga para o exterior.



“Não há dever mais necessário do que o de dizer obrigado”



Nesta vida, somos produto de um constante fluxo de experiências que nos provocam emoções de tipos muito diferentes. É por isso que o dever mais necessário é o de dizer obrigado.



O que me faz feliz me reconforta e potencializa minhas novas ilusões e sonhos. O que me entristeceu e me provocou dor, me ensinou.



Agradeço pelas lembranças que me encheram, mas agradeço também às que procuravam fugir porque graças a elas sou quem sou e sei disso.



Nossas relações com os outros se fundamentam nesse sentimento: quando uma pessoa faz alguma coisa por nós, inclusive oferecer um ombro em um mau momento, nos aproximamos mais dela.



Sabemos que das tristezas surgem as maiores cumplicidades e que nas rupturas aparecem cicatrizes e histórias reais, que são apenas nossas.



Agradecer aumenta nosso bem-estar emocional



Agradecer é equivalente a ter uma atitude vital positiva, é sinônimo de ver o copo meio cheio, de despertar com o pé direito ou de abrir os pulmões para respirar.



Alguns estudos, de fato, demonstraram que agradecer melhora nossa saúde e ajuda a estabilizar o nosso bem-estar emocional.



A encarregada de manter o equilíbrio de nossas emoções é uma substância química que se chama serotonina, que se encontra em nosso organismo.



Para não cair em uma depressão, por exemplo, os níveis de serotonina devem se manter estáveis, e para isso, uma das ferramentas é a gratidão.



Faça a dieta da alegria: um sorriso a cada manhã, um agradecimento no final de cada dia.



Seria muito benéfico se este post conseguisse que, ao finalizar seu dia e ao começar o seguinte, você pudesse praticar esta dieta.



Ela não requer esforços nem sacrifícios, mas contribui com os nutrientes necessários para sermos melhores a cada momento.



Nossas relações afetivas com os que nos rodeiam se fortalecerão com essa energia produzida pelo agradecimento recíproco, para quem está conosco e para o nosso eu, nas distintas fases da vida.



As pequenas coisas, as mais simples, são as mais importantes e as que mais precisamos agraceder.



Os maus momentos nos oferecem grandes mudanças; os erros, aprendizados, as relações tóxicas, novas relações… mas os dias, os dias nos oferecem oportunidades. Uma atrás da outra, sem exceção.



Texto original em espanhol de Cristina Medina Gomez.
Veja também:
O ensinamento vivo
A opinião dos outros
O homem que não se irritava
Paciência tem recompensa
Lição de Ano Novo
0 comentários para "Aprenda a dizer obrigado"

Deixe seu comentário
   
  * Obrigatório
Seu nome:*
E-mail:*
Cidade:*

Mensagem:*

caracteres:
  Captcha

   
   
   

Administração do Portal