Datas Família Finanças Meio Ambiente Mensagens Outros Pensamentos Relacionamentos Vídeos

Conheça suas quatro emoções básicas

10/09/2015


Boa tarde amigas e amigos!!

O medo, a raiva, a alegria e a tristeza são as quatro emoções básicas do ser humano. Todos nós as sentimos em qualquer época, idade e cultura. Mas, você sabe como dominá-las? Você está sempre consciente delas?

Boa leitura...

Estas emoções não estão em nosso dia a dia por uma questão arbitrária ou de capricho, mas sim porque desempenham o papel principal em nosso desenvolvimento psicológico. Isto significa que elas servem para nos avisar e guiar na conservação do nosso organismo e na socialização com os demais.

Talvez isso seja um pouco difícil de compreender, já que parece tão técnico ou tirado de uma enciclopédia. Mas o que é importante recordar aqui é que todos temos medo, sentimos raiva, nos alegramos e nos entristecemos, porque desta maneira a mente e o corpo se desenvolvem e nós podemos transcender como seres humanos e nos socializarmos.

Temos aprendido (e o seguiremos fazendo) através de nossas emoções. Portanto, se você teve uma linda fase em sua vida, onde tudo era felicidade, é provável que isso tenha formado a sua personalidade, assim como se você passou por um acontecimento que lhe entristeceu muito ou algo que causou muita raiva ou temor.

Não importa a idade que temos, onde vivemos ou no que trabalhamos. Sem exceção, sentiremos estas quatro emoções básicas em mais de uma ocasião. Isto se deve ao fato das emoções serem informações muito úteis,; elas nos permitem saber como estamos aqui e agora, sendo um guia de aprendizagem para a nossa vida, para que possamos nos compreender e para sabermos como continuar, se nós prestamos atenção nelas.

Não existem emoções boas ou ruins, como costumamos pensar ou categorizar o que sentimos. O que existe são emoções que podem ser mais ou menos agradáveis. Cada uma delas tem uma função específica e todas são necessárias.

Quais funções têm as emoções básicas?

Estas quatro emoções básicas ou primárias do ser humano são uma qualidade energética, já que elas nos permitem atuar de forma expansiva com os demais (a raiva e a alegria) ou com nós mesmos (a tristeza e o medo).

Analisaremos as quatro emoções básicas separadamente, para que, assim, possamos conhecer a função específica de cada uma delas em nossas vidas.

Medo
É uma emoção conhecida pelos estudiosos como “reação de contração”. Se encontra incluída no grupo das emoções reflexivas e sua função é nos advertir sobre a presença de um perigo, seja de fazer ou de causar em nós algum dano.

O medo nos permite avaliar qual é a capacidade que possuímos para enfrentar as situações que percebemos como ameaças. Se aprendemos a conhecer primeiro e a gerenciar o medo depois, experimentamos a prudência e afastaremos o pânico, a fobia ou da temeridade.

Alegria
Também conhecida como “emoção de expansão”. Cumpre a função de nos ajudar a criar vínculos com os demais, por isso se encontra entre as emoções expansivas (juntamente com a raiva).

A alegria pode ser manifestada de diversas maneiras, sendo as mais frequentes a ternura, a sensualidade e o erotismo. Se gerenciamos bem a alegria, poderemos atingir a serenidade e a plenitude. Se não soubermos manejá-la bem, ela nos conduzirá para a tristeza, a euforia ou a frustração.

Tristeza
Encontra-se no grupo de emoções de contração e é conhecida como a mais reflexiva de todas. Evoca sempre algo que ocorreu no passado e sua função é nos ajudar a estarmos conscientes de uma coisa, situação ou pessoa que perdemos ou sentimos falta.

A tristeza também serve para soltarmos e deixarmos ir o que não nos pertence ou nos faz mal. Por último, outra das funções da tristeza é a de permitir aos demais que nos acompanhem, evitando que nos tornemos muito vulneráveis ou dependentes.

Raiva
É a segunda emoção mais expansiva. Trata-se de um impulso, uma maneira de tirar algo ou alguém de “cima”, mandar para fora o que nos aborrece, o que acreditamos ser injusto ou o que está nos fazendo mal.

A raiva implica em uma sobrecarga de energia que, em ocasiões, nos ajuda a cumprir a realização do que queremos ou nos assegura da necessidade de ameaça. Por isso, não deve ser considerada sempre como negativa. O que ocorre é que, às vezes, em vez de nos ajudar a resolver o que ocorre, se converte em um problema a mais se levamos sua expressão ao extremo.

Seria uma espécie de limpador efetivo para tudo o que nos pesa. Mas atenção; para isso, devemos reconhece-la, aceitá-la e gerenciar corretamente a raiva.

Uma vez que estivermos conscientes de nossas emoções e aprendermos a viver com elas, será mais simples nos darmos conta de que são todas importantes para a nossa vida.

autor: Rodrigo
do site: a mente é maravilhosa
Veja também:
Uma historia de determinação
Teste de integridade
O monge e o sorvete de chocolate
Você sabe viver e respeitar o próximo?
Mude o hábito… fale de suas alegrias!
0 comentários para "Conheça suas quatro emoções básicas"

Deixe seu comentário
   
  * Obrigatório
Seu nome:*
E-mail:*
Cidade:*

Mensagem:*

caracteres:
  Captcha

   
   
   

Administração do Portal