Datas Família Finanças Meio Ambiente Mensagens Outros Pensamentos Relacionamentos Vídeos

O que fazer quando tudo vai mal

26/08/2016


Boa tarde amigas(os)!!

Há dias em que parece que levantamos com o pé esquerdo. Você precisa chegar a um compromisso e tudo se complica, quer ver alguém e é impossível, ou simplesmente passa por um período de tristeza... Nesses momentos, parece que tudo vai mal e nada dá certo.

Pior ainda, você olha ao redor e parece que todos se uniram para tornar seu dia mais complicado. O que fazer quando tudo vai mal? Continue lendo e descubra.

“Sempre podemos escolher ver as coisas de maneira diferente. Podemos focar em tudo que vai mal em nossa vida ou no que vai bem”.
-Marianne Williamson-

Quando você estiver num desses dias, leve em conta o seguinte:

A vida não é fácil

Desista de esperar que a vida seja perfeita. Ela nunca será e isso é bom, porque lhe dá a oportunidade de evoluir.

Quando tudo vai mal, é porque você só está focando em seus fracassos. Talvez seja a hora de avaliar as expectativas que possui.

Se for necessário, faça alguns ajustes ou mude sua atitude. Quem vive esperando apenas coisas positivas encontra muitas desilusões pelo caminho.

“Se você busca a perfeição, nunca será feliz”.
-León Tolstoi-

O sucesso não chega da noite para o dia

Todos queremos ter sucesso e sermos reconhecidos no que amamos, mas nem sempre estamos dispostos a trabalhar o tanto necessário para tal.

Agora mesmo, você sente que tudo vai mal porque não tem o sucesso que deseja?

Pode ser o momento de analisar o que você tem e valorizá-lo. Em seguida, você pode criar um plano para chegar aonde quer.

É necessário ter paciência e esforço para alcançar qualquer meta; não deixe que a frustração o vença. Defina pequenas metas e busque-as pouco a pouco.


“As árvores crescem lentamente para dar sua melhor fruta”.
-Molière-

Aprenda a lição

Por que você sente que tudo vai mal? O que está gerando esse sentimento? O que você pode aprender com ele?

Não se queixe de todas as coisas terríveis que lhe acontecem. Será sua primeira reação, mas realmente não serve de nada. Você apenas se sentirá pior cada vez que pensar nisso.

Melhor enfrentar o que você está passando como apenas um desafio. Aprenda a ver o divertido nisso e a romper seus limites.

Aprecie o que há de bom em sua vida

Não se deixe vencer pela tristeza ou pelo desânimo. Será difícil sorrir quando você sente que tudo vai mal, mas, de que outra forma você poderá melhorar a sua visão das coisas?

Aprenda a ver os erros e fracassos como parte da vida e do processo evolutivo. Além disso, aprecie todas as coisas boas que você tem agora.


“Os fortes não nascem da vitória. Os contratempos desenvolvem suas forças. Quando você atravessa momentos difíceis e decide não se render, obtém força.”
-Arnold Schwarzenegger-

Deixe de se preocupar com tudo que está mal

Não se preocupe com tudo que acontece ao seu redor. Se hoje tudo está dando errado, foque nas coisas que você pode melhorar.

Todo o resto você deve deixar fluir. Ainda que não acredite, as coisas, pouco a pouco, tomam seu lugar em nossas vidas.

No lugar de passar a noite inteira preocupado com o que deveria fazer, foque em criar um plano para solucionar o que for possível.

Chore, se precisar

Quando tudo vai mal, é impossível não sentir vontade de chorar. Chore! Não tenha medo de chorar, não é um sintoma de fraqueza. É necessário deixar sair os sentimentos e permitir que fluam para que outros ocupem seu lugar.

O que você não deve fazer é se concentrar o tempo todo no que vai mal e evitar seguir em frente. Chore agora e, depois, continue seu caminho.


“Não se desculpe por chorar. Sem emoções, seríamos apenas robôs.”
-Elizabeth Gilbert-

Lembre-se de que nenhuma vida é perfeita

Quanto tempo você passa comparando sua vida com a dos outros? À primeira vista pode parecer que você tem uma vida complicada e cheia de problemas. A boa notícia é que você não é o único.

Deixe de se comparar e de acreditar que “a grama do vizinho é mais verde”. Talvez essa amiga que parece ter sorte com os homens seja incapaz de encontrar um que a faça feliz. Ou aquele parente que troca de carro todos os anos esteja tão entediado que não consiga dormir em paz.

Quando tudo vai mal, pense em onde você está e aonde quer chegar. O que o resto do mundo faz não deve ser sua principal preocupação.

Por: Anne Teixeira
Veja também:
O bom uso da imaginação
Um mundo em transição
Males e remédios
Mas...
A Porta do lado
0 comentários para "O que fazer quando tudo vai mal"

Deixe seu comentário
   
  * Obrigatório
Seu nome:*
E-mail:*
Cidade:*

Mensagem:*

caracteres:
  Captcha

   
   
   

Administração do Portal