Datas Família Finanças Meio Ambiente Mensagens Outros Pensamentos Relacionamentos Vídeos

Para poder perdoar, primeiro devemos perdoar a nós mesmos

11/07/2016


Olá amigas(os)!!

Perdoar é uma ação para a qual nem todos estão preparados. Mas uma coisa é certa, quem é capaz de perdoar os outros conhece perfeitamente a sensação de liberdade que invade quando o faz.

Não é um ato só para a pessoa que nos ofende, mas principalmente um ato para nós mesmos.

É necessário perdoar para poder seguir adiante, para não arrastar a mágoa como um peso, e inclusive em algumas ocasiões é necessário para restabelecer um diálogo que nos dê respostas para perguntas que ficaram conosco. Interrogações que só podem ser esclarecidas pela pessoa com quem estamos ressentidos por qualquer motivo.

Por outro lado, muitas vezes o dano não foi feito por outra pessoa, mas sim por nós mesmos. Seja de maneira deliberada ou não, somos nós no fim os últimos responsáveis pelas nossas feridas, e não temos por que culpar ninguém mais pelo ocorrido.

Em algumas ocasiões o perdão não é difícil de conseguir, o difícil é recuperar a confiança.

Perdoe-se por ter falhado

Quando pedimos perdão é por que falhamos com outra pessoa ou cometemos um erro tão grande que outras pessoas foram afetadas por nossas ações. Mas por que pedir perdão sem antes perdoar a si mesmo?

Em mais de uma ocasião deixamos nas mãos dos outros muitas de nossas responsabilidade, pelas quais só nós deveríamos ser responsáveis. Nesse caso, por exemplo, é o momento de perdoar. Um exemplo muito claro seria o do amor. Não é verdade que se não amamos a nós mesmos não podemos amar mais ninguém? Pois o mesmo acontece com o perdão.

Talvez você se pergunte por que ninguém te ensinou isso antes, por que ninguém disse que temos que perdoar a nós mesmos para depois sermos perdoados pelos outros ou perdoarmos os outros. A realidade é que sempre nos ensinaram a sermos irresponsáveis, de certo modo, com nossos atos.

Por esse motivo, nos permitimos amar os outros sem antes amarmos a nós mesmos, queremos que nos perdoem sem que antes nós nos perdoemos, exigimos o respeito antes de nos respeitarmos… É uma longa lista, sem dúvida alguma, pois caímos constantemente no mesmo erro, uma vez atrás da outra.

O medo de perdoar a si mesmo

Talvez esse erro no qual caímos uma vez atrás da outra, ao invés de nos perdoar em primeiro lugar, é só uma amostra de um dos grandes medos dos homens: ser conscientes de nossas fraquezas e de que não somos perfeitos. É difícil olhar para dentro de nós mesmos e aceitar nossos erros. Talvez por isso preferimos olhar para qualquer outro lado.

Hoje queremos dar de presente alguns conselhos para que você possa perdoar a si mesmo sem medo. Para que a próxima vez em que estiver na necessidade de pedir perdão, primeiro pense em você. Pois não é egoísta pensar em si mesmo como primeira opção. Você é o mais importante da sua vida, e por isso só você deve ser o primeiro a pedir perdão, e para si.

•Por que você precisa perdoar a si mesmo? Você deve ter claro se realmente deve perdoar-se, pois por vezes nos sentimos culpados sem o sermos de fato. Uma vez que saiba que tem culpa, deve perdoar-se, mas como?
•Fracassar não faz de você uma pessoa ruim: todos cometemos erros e o fato de cometê-los não nos faz pessoas ruins. Por isso devemos aceitar nossas falhas, aprender com elas e nos perdoar. Somos seres humanos e erramos. É normal.
•Comece de novo: às vezes temos medo de começar de novo, mas quem sabe este seja o primeiro passo para se perdoar de vez. Pense que perdoar é aprender, consertar e dar-se conta de quando e onde falhamos. A partir daí começará uma vida nova.
•Esqueça o passado: talvez você se sinta atormentado por esses erros que cometeu e que ainda estão presentes no dia de hoje. Não se martirize por isso, perdoe-se e comece de novo. Use todas as pedras em seu caminho para ser uma pessoa melhor.
•Seja responsável por suas ações: pedir perdão, às vezes, é um ato irresponsável, já que queremos nos livrar da carga da forma mais fácil. Mas se você perdoar a si mesmo, isso já não é se coloca assim. Ser responsável pelos seus erros é importante pois foi você mesmo que os cometeu.

O perdão é um presente que você dá a si mesmo”
-Suzanne Somers-

Agora você pode perdoar os outros

Agora que sabe o que deve fazer para perdoar a si mesmo antes de perdoar os outros, já pode perdoar. Agora sim, tenha em conta que você deve sempre seguir em frente. O perdão é algo que se diz e se oferece, na verdade, de um modo relativamente rápido. Algo que mostra nossa responsabilidade diante dos nossos atos e pode ser oferecido logo após o erro ser cometido.

É importante ser compreensivo consigo mesmo. Todos falhamos em algum momento de nossas vidas e todos precisamos, em certas ocasiões, do perdão de outra pessoa. Mas não faça com que isso se converta em uma constante. O perdão deve ser, e tem que ser, sincero e não constante.

Além disso, pense que pedir perdão a você mesmo permitirá se conhecer ainda mais. Você será consciente de onde falhou para poder achar uma solução, poder desenvolver uma maior autoconfiança e se valorizar mais.

Você ainda perdoa antes de perdoar a si mesmo? Quando foi a última vez em que se perdoou? Esperamos que a partir de agora você coloque em prática o ato de perdoar. Uma ação que o enriquecerá e que permitirá, depois, pedir um perdão muito mais sincero e verdadeiro aos outros.

Por: Raquel Etérea
Veja também:
Como me veem, como eu me vejo
5 estratégias para vencer a preguiça
Mude o hábito… fale de suas alegrias!
A lente
Sócrates e a fofoca
1 comentários para "Para poder perdoar, primeiro devemos perdoar a nós mesmos"

11/07/2016  19:48:49
Enviado por paulo junior
Muito linda essas mensagens, parabéns!

Quem tem Deus no seu Coração, nunca vai ficar sozinho e nunca vai negar o perdão do seu proximo, amei esse site, muito lindo as mensagem.

Deixe seu comentário
   
  * Obrigatório
Seu nome:*
E-mail:*
Cidade:*

Mensagem:*

caracteres:
  Captcha

   
   
   

Administração do Portal